Diário #4: Escritores americanos

Como comentei por aqui, estou lendo o livro, Os Inovadores: Uma Biografia da Revolução Digital de Walter Isaacson. Terminei o 2º capítulo “O computador” essa semana e já posso dizer, Os Inovadores é um livro muito bom, estou aprendendo bastante e até mesmo enfrentando um desafio, já que a tecnologia não é nem de longe uma das minhas paixões.

Entretanto, preciso comentar e é para isso que eu estou escrevendo essas linhas, do cuidado que temos que ter ao ler esses livros sobre aspectos importantes da história da humanidade sobre o ponto de vista de autores americanos – me refiro aos norte-americanos; pelos que já li, percebo como estes são tendenciosos e nunca dão o crédito de algo bom (pelo menos totalmente) a outros países.

É sempre os EUA que é o pioneiro, são sempre os cientistas, os médicos, os engenheiros, os professores etc, americanos que são Os feras, os mais inteligentes, os mais capazes… você já me entendeu. E é claro, admito, os americanos foram excepcionais mesmo em muitas inovações, porém qualquer leitura atenta de um livro como esses você perceberá que o ego é bem aflorado também, e que bem dificilmente eles admitem a importância da participação de profissionais de outros países.

É aquela coisa, a leitura precisa ser atenta, sempre atenta o.o


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s