A beleza da Graça

Falar de depressão, crises de ansiedade e pânico actualmente envolve duas questões: ou nos consideram fracos ou nos consideram vacilantes na fé. Pois bem, nem uma nem outra correspondem à verdade. Na verdade, de tantas vozes que estamos vulneráveis a ouvir, as que mais fazem força são estas mentiras que se assemelham a fortes ondas que rebentam nas rochas em dias em que o mar está revolto. Onde não se vê um único raio de sol e ao qual nenhum marinheiro se atreve a navegar.

A mente luta e reluta para que a sanidade se mantenha e a verdade seja trazida à memória. Somos tal e qual náufragos que se agarram desesperadamente a um pedaço de madeira e que de todas as formas tentamos salvar a nós mesmos, indignados porque não sabemos como. Porque não queremos nos entregar à loucura, porque não aceitamos o que vivemos. Porque não aguentamos mais o mar enfurecido.

Porém, aprendi com uma amiga que existe um perigo quando tentamos negar a realidade que vivemos e não aceitamos o que temos de enfrentar. Assim como aprendi que tudo aquilo que enfrentamos, então é quando temos domínio. Então sim, temos à nossa frente apenas um pedaço de madeira para nos agarrarmos, temos um mar revoltado e impiedoso que teima em nos fazer naufragar. Contudo, isso não é suficiente porque quanto mais queremos salvar-nos, mais nos afundamos.

Então ela aparece. Encontra-nos fracos, desolados e indefesos. A Graça – o favor imerecido – compadece-se e compadeceu-se tanto que tomou forma humana. Ela vem e caminha sobre as águas. Estende-nos a mão e mostra que é mais real e inabalável que qualquer porto, farol ou fortaleza. Consigo traz esperança e vida. Os raios de sol aparecem, o mar cessa o seu rugido e somos trazidos para terra. Mostrando que a sua beleza é essa… alcançar, embalar e aconchegar os fracos. Aqueles que, por causa dela, se tornam fortes.

Um comentário sobre “A beleza da Graça

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s